Nossa especialidade

Imprimir

"Eliminamos o problema com uma vincadeira"

Case VLS

VLS faz parceria com a Diginove e elimina gargalo no acabamento com vincadeira Morgana DocuCreaser

Representada no Brasil pela Diginove, as vincadeiras da linha Morgana estão conquistando espaço no mercado nacional, com novas instalações que seguem o rastro do crescimento da impressão digital nos parques gráficos de empresas de vários portes e segmentos.

"Os clientes destacam a facilidade de uso e a qualidade do vinco. No processo de impressão digital, é inconcebível se perderem 10, 15 folhas para acerto de máquina.

Isto porque as tiragens já são baixas. A linha Morgana foi escolhida por nós justamente porque atende a todas as necessidades do segmento digital", disse Silvane Salamoni, diretora da Diginove.

"Precisávamos de um equipamento de qualidade para trabalhar com vinco e dobra nos impressos digitais", explicou Geraldo Melo, diretor da VLS, gráfica digital de São Paulo com cinco filiais espalhadas pela capital paulista, São Bernardo e Campinas.

Criada em 1987 por Valter e Libério, irmão e primo de Geraldo, respectivamente, a VLS iniciou seus trabalhos como uma empresa focada no segmento de Engenharia e, hoje, seguindo os rumos do mercado, possui mais de 80% de seu faturamento ligado à atividade de impressão digital.

Seu parque gráfico é composto por cinco Xerox DocuTech, 35 ES-1050, cinco impressoras S135, três Xerox DocuColor e duas HP Indigo (3050 e 7500). Contudo, com todos esses investimentos, o gargalo passou a ser o acabamento. "Eliminamos esse problema com uma vincadeira Morgana DocuCreaser", explica Geraldo, referindo-se ao equipamento adquirido há três meses junto à Diginove. "No momento de optarmos pela Morgana, qualidade e praticidade foram os grandes diferenciais", explica o diretor da empresa que, por mês, produz cerca de 13 milhões de impressos.

A VLS também já investiu num sistema Duplo DFS-3.500 para aplicações de grampo+dobra+refile. A aquisição, mais uma vez, teve como parceira a Diginove.